Wilson Lima chega no segundo ano de mandato com dez pedidos de impeachment

Manaus – Mais um pedido de impeachment do governador Wilson Lima é protocolado na Assembleia Legislativa do Estado (ALE) nesta quarta-feira (16). Com esse, já são dez pedidos de afastamento do chefe do Executivo, principalmente sendo acusado de improbidade administrativa nas ações de combate à pandemia da Covid-19. O pedido foi realizado novamente por Mário Vianna, presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) que já havia apresentado um pedido de impeachment em maio que foi acatado pela Mesa Diretora da ALE em julho. O pedido foi arquivado por 12 contra 6 votos.

 

Impeachment
O presidente do Simeam, Mário Vianna, protocolou mais um pedido de impeachment contra o governador do Amazonas, Wilson Lima. O primeiro pedido de impeachment apresentado foi protocolado em maio na ALE. Neste segundo pedido, o presidente do Simeam anexou contratos questionários realizados pelo governo, como a instalação da árvore de Natal no Largo de São Sebastião por R$ 2 milhões, além da denúncia da falta de atendimento nos hospitais durante o pico da pandemia do novo coronavírus e da compra superfaturada de ventiladores pulmonares em uma loja de vinhos, que estão sendo investigadas pela Polícia Federal na Operação Sangria. De acordo com os tramites da ALE, o pedido será encaminhado à Mesa Diretora e se for aceito, abrirá novamente o processo que julgará o impeachment de Wilson Lima que pode durar até 180 dias.

Arquivamento
Em maio, foi protocolado o primeiro pedido de impeachment pelo Simeam que foi aceito em julho pela Mesa Diretora da ALE e apreciado pelos deputados. Na época, foi criada e eleita a Comissão Especial de Impeachment, tendo como presidente a deputada Alessandra Campelo, e como relator o deputado Dr. Gomes que apresentou um relatório solicitando o arquivamento do processo de impeachment. Os dois parlamentares são da base do governo de Wilson Lima. Em agosto, foi realizada a votação que iria decidir se o processo de impeachment iria continuar ou arquivar, por 12 votos, o impeachment foi arquivado.

 

Insatisfação
Cerca de dez pedidos de impeachment do governador Wilson Lima já foram protocolados na Assembleia Legislativa do Estado (ALE) o que reflete a grande insatisfação de representantes da população amazonense que reúnem argumentos, dados, documentos, processos e referências para montar um pedido de afastamento do chefe do Estado por improbidade administrativa.

 

Erros
Diariamente acompanhamos os ‘deslizes’ e ‘equívocos’ cometidos pelo governo do Amazonas. Foram diversos profissionais da saúde indo para as ruas reclamar sobre a falta de material básico para trabalhar no combate ao novo coronavírus. Assistimos diversos vídeos compartilhados em redes sociais e que até hoje marcam a nossa memória, como de amazonenses morrendo nas portas dos hospitais por falta de atendimento. Vimos, um médico saindo do seu plantão e falando para a imprensa que pelo menos dez pessoas haviam morrido por falta de respirador. Essa, foi a realidade do Amazonas durante a pandemia que não será esquecida por aqueles que perderam alguém que tanto amava.

Fonte: D24am.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *