Artistas Parintinenses vencem a Covid-19 e retornam a terra dos bumbás

Parintins/AM – Após tratamento no Hospital da Samel em Manaus, os artistas plásticos Jair Mendes, Ozeas Bentes e o compositor do Boi Caprichoso, Carlos Magno retornaram nesta sexta-feira (29) à Parintins após vencerem o novo coronavírus (Covid-19).

O presidente do Grupo Samel, Luiz Alberto Nicolau, acompanhou o translado dos artistas para Parintins em um voo fretado pelo hospital. O mestre Jair Mendes e Ozeas Bentes são conhecidos como os maiores artistas do Festival Folclórico de Parintins. Jair revolucionou a área artística do folclore parintinense nos anos 80 e 90, e Ozeas sempre impressionou com a plástica de seus trabalhos na arena do Bumbódromo. Os dois artistas têm passagens pelos bois Caprichoso e Garantido. Um dos curados do Covid-19 é o compositor azulado Carlos Magno “Pato”, autor de vários sucessos do Boi-Bumbá Caprichoso e havia sido positivado com o novo coronavírus. 

Em nota nas redes sociais, a Samel exaltou os artistas que passaram por tratamento no hospital do grupo. “Após dar alta domiciliar aos artistas amazonenses do Festival de Parintins, Ozeas Bentes, Jair Mendes e Carlos Magno (Pato), o Grupo Samel os levou de volta para Parintins, na manhã dessa sexta-feira, 29 de maio, depois de receberem tratamento de Covid-19 nos Hospitais dos Planos de Saúde Samel”, diz a nota do grupo Samel.

Fonte: www.blogtadeudesouza.com.br/

Foto: Divulgação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *